25Maio2018

Giro
Você está aqui: Início Notícias Portugal supera gols perdidos por C. Ronaldo, marca no fim, bate Dinamarca e segue viva
13 Junho 2012 Escrito por 

Portugal supera gols perdidos por C. Ronaldo, marca no fim, bate Dinamarca e segue viva

O cenário era animador para Portugal. Chegou a fazer 2 a 0 diante da Dinamarca. Mas Cristiano Ronaldo desperdiçou dois gols ‘feitos. E pior: o ‘carrasco’ Bendtner marcou duas vezes, e o time escandinavo chegou a igualar. Tudo parecia perdido. Mas o reserva Varela 'salvou' o astro do Real Madrid, marcou no final, o time português venceu por 3 a 2, em Lviv, e se manteve vivo na briga por uma vaga às quartas de final da Euro-2012.

 

Assim, o time português se recupera até de maneira dramática da derrota para a Alemanha na estreia do grupo B e contabiliza seus três primeiros pontos, mesma pontuação dos dinamarqueses. Por pouco, Cristiano Ronaldo não se tornou vilão da partida. Deve agradecer muito ao atacante do Porto, que marcou o tento da vitória.

 

Assim como no jogo diante dos alemães, o meia-atacante teve uma atuação apenas discreta. Mas teve em seu pé duas chances para manter o jogo no segundo tempo. Na primeira, logo aos 4min, entrou livre e teve tempo de pensar. Bateu em cima de Andersen. Depois, quando sua equipe vencia por 2 a 1, outra oportunidades. Aos 33min, apareceu sozinho e tocou para fora.

 

Essas falhas quase fizeram falta no resultado final. Não no primeiro tempo, quando Portugal teve o controle do jogo e foi para o intervalo vencendo por 2 a 0. Aos 24min, o brasileiro naturalizado Pepe desviou cobrança de escanteio e abriu o marcador. A Dinamarca sentiu o golpe. Parecia perdida em campo. Melhor para Portugal, que ampliou. Aos 36min, Helder Postiga recebeu de Nani e ‘desencantou’. 2 a 0.

A partida parecia definida. E Cristiano Ronaldo poderia ter ‘matado’ a partida. Mas suas falhas quase custaram caro, principalmente porque do outro lado tinha o ‘carrasco’ Bendtner. Ele se mexeu muito em campo e acabou sendo premiado com dois gols. Aos 40min da etapa inicial, Krohn-Dehli escorou de cabeça, encobriu o goleiro, e o atacante, sozinho, diminuiu.

Vieram as falhas de Cristiano Ronaldo, e a Dinamarca buscou o empate, aos 35min, novamente com Bendtner. Esse foi o sexto tento do atacante em cinco confrontos diante dos portugueses. Depois disso, Paulo Bento colocou Varela em campo. Quatro minutos após sua entrada, o atacante do Porto insistiu duas vezes e marcou o gol da heróica vitória que ‘salvou’ Cristiano Ronaldo.

 




Christian Rodrigues

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

CaldasWeb, o portal sobre Caldas Novas com notícias e artigos, visando a informação para os leitores de nosso site. Contendo também os principais eventos, além claro, de um guia com empresas, telefones e muito mais, tudo para sua melhor leitura e comodidade.

Mídias Sociais

Fique sempre atualizado